domingo, 20 de fevereiro de 2011

Ele fica me olhando por horas, sem dizer uma palavra. De uns tempos pra cá eu comecei a reparar quando ele aparece, vem me fazer companhia quando meu coração está sozinho. Eu sinto a presença e meu coração se acalma. Fico deitada por horas na cama, sem saber ao certo quanto tempo permaneço naquela posição, com a janela do quarto aberta, olhando para ele e ouvindo o barulho da vida lá fora, fico imaginando essas pessoas, o que elas estariam fazendo pelo barulho que escuto, passo horas, dias, a hora não tem mais tanta importância quando me perco nestes meus pensamentos que são só meus. Quando levanto , percebo que o cinzeiro está lotado, mas ainda continuo vazia. Não pense que não fico feliz com a sua companhia menino, gosto que você fique comigo só me olhando, mas quando você está aqui significa que não tem mais ninguém. E isso dói.

Ana Bintacos

Um comentário:

  1. Inspirador, profundo e perturbador ao mesmo tempo!

    ResponderExcluir